© Marcelo Terraza
Foto: © Marcelo Terraza

“Com investimentos na ordem de R$ 11 bilhões, por ano, reivindicados pelo setor de saneamento, calcula-se que sejam gerados 550 mil novos empregos no Brasil” alerta Luis Felli, presidente do Instituto Trata Brasil.

Para Felli é preciso maior conscientização sobre os impactos sociais e econômicos que a falta do saneamento básico traz para o desenvolvimento da sociedade. “Cada R$ 1 milhão investido em obras de esgoto sanitário gera 30 empregos diretos e 20 indiretos, além dos permanentes, quando o sistema entra em operação” conclui.

Anúncios