Trata Brasil na Comunidade

A presidente da Associação dos Amigos e Moradores da Vila Dique, de Porto Alegre, Enedina Espíndola, visitou o Instituto Trata Brasil, em São Paulo, na última quarta-feira, 30. Recebida pelo presidente, Raul Pinho, conversou com os técnicos do Trata Brasil e concedeu entrevista ao ITB News sobre os avanços das obras de infraestrutura do Conjunto Habitacional Marcel Luís, de reassentamento dos moradores da Vila Dique. 

Sob a liderança de Enedina, os moradores da comunidade serão transferidos para as 1.476 casas em construção. O conjunto prevê ainda a construção de 103 unidades comerciais, escola e creches municipais, posto de saúde, galpão de reciclagem e centro comunitário. A expectativa é que a primeiras 50 famílias comecem a ocupar as casas a partir deste mês. 

Para a transferência total das famílias, segundo avaliação do Trata Brasil, que monitora a execução das obras pelo projeto Trata Brasil na Comunidade e avalia os impactos sociais da falta de saneamento entre os moradores da Vila Dique, serão necessários mais 14 meses se o ritmo for retomado este mês.

 O projeto Trata Brasil na Comunidade, de Vila Dique, começou em março de 2008 em parceria com Associação dos Amigos e Moradores da Vila Dique, ABES-RS e a Pastoral da Criança de Porto Alegre.  “Com o trabalho do Trata Brasil percebemos mudanças significativas no comportamento dos moradores, principalmente, com relação ao entendimento sobre a importância da coleta e do tratamento de esgoto para a melhoria da saúde dos moradores. Vamos para esse novo conjunto com uma nova mentalidade”, afirmou Enedina.

Anúncios