Agência Nacional de Águas, entidade apoiadora do Instituto Trata Brasil, lança nesta quarta feira estudos inéditos que revelam onde poderá faltar água nos próximos cinco anos se não forem feitos os investimentos apontados. O levantamento da Agência Nacional de Águas mapeia mananciais e sistemas de produção de água em regiões estratégicas do país. Os três estudos: Atlas Regiões Metropolitanas, Atlas Nordeste e Atlas Sul revelam quais são as regiões vulneráveis, ou seja, onde pode faltar água para a população urbana até 2015 caso não sejam executados os investimentos fundamentais para o aproveitamento de novos mananciais e melhoria ou aumento da capacidade dos sistemas de produção de 2.965 cidades. Revela, ainda, os investimentos previstos em tratamento de esgotos para a proteção das captações e garantia da qualidade da água. O levantamento será apresentado à imprensa pelo diretor-presidente da ANA, José Machado, e diretoria colegiada, em coletiva no dia 9/12 (quarta-feira) na sede da agência, em Brasília.

Anúncios