Observadores mundiais ouvidos pela TropIka.net (Tropical Diseases Research to Foster Innovation & Knowledge Application) –  plataforma da Organização Mundial da Saúde – chamaram atenção durante a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 15) para a negligência dos serviços de saneamento básico nos países pobres e em desenvolvimento.  

 Os pesquisadores na área médica ainda não sabem dizer com profundidade sobre os impactos das mudanças climáticas nas doenças infecciosas, mas alertam que a falta dos serviços de saneamento deverá contribuir drasticamente para o aumento dos casos de doenças de veiculação hídrica entre os povos de países pobres.

 Para os entrevistados, a saúde mundial da população está relacionada diretamente ao saneamento básico e o tema não poderá mais continuar sendo ignorado. Algumas opiniões apontaram que investir em saneamento chega a ser mais importante que o desenvolvimento de vacinas, em determinadas situações.  Para saber mais informações acesse o site http://www.tropika.net/

Anúncios