O Instituto Trata Brasil prestigiou na última quinta-feira, 25, o lançamento do selo em homenagem à médica pediatra e sanitarista, Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança e da Pessoa Idosa e eterna Embaixadora do Instituto Trata Brasil. A médica faleceu no terremoto que atingiu o Haiti em Janeiro.

O selo, com tiragem de 600 mil exemplares, foi lançado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), pela Arquidiocese de Curitiba e pelas Pastorais da Criança e da Pessoa Idosa. O selo apresenta a imagem da médica, o desenho de um coração ao fundo, a representação de uma família e as logomarcas da Pastoral da Criança e do Mercosul. A peça também é uma referência à conclusão da Década da Cultura de Paz 2001/2010, instituída em 1998 pela Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

A Dra. Zilda Arns era Embaixadora do Instituto Trata Brasil desde o lançamento da entidade, em Outubro de 2007, e sempre lutou pelo engajamento da classe médica e de profissionais de saúde nas reivindicações para o avanço da universalização do saneamento básico.

Anúncios