A Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou na última quarta-feira, 28.07, resolução que reconhece o acesso a água potável e ao saneamento básico como direito humano. O documento votado pela Assembléia Geral das Nações Unidas declara que “o direito a uma água potável, limpa e de qualidade e a instalações sanitárias é um direito humano, indispensável para gozar plenamente do direito à vida”.

A resolução chama atenção para o fato de que 884 milhões de pessoas no mundo não têm acesso à água potável de qualidade e que mais de 2,6 bilhões não dispõem de instalações sanitárias básica.

O acesso à água limpa e ao saneamento básico faz parte dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, uma agenda para reduzir à metade até 2015 o número de pessoas sem acesso à água potável e instalações sanitárias.

Anúncios