Saúde e criação de empregos. Esses são os dois principais temas que os brasileiros querem que a presidente eleita, Dilma Rousseff priorize durante seu governo, segundo a pesquisa Vox Populi encomendada pelo portal iG. Os outros temas abordados pelos brasileiros pesquisados foram: controle da inflação, educação, combate à corrupção, segurança pública e habitação.

Infelizmente, como em pesquisas anteriores, o tema saneamento se quer foi citado pelos entrevistados, apesar de hoje ser um dos maiores desafios do País, tanto que foi um tema constantemente discutido durante o período eleitoral, principalmente entre os candidatos a presidência e ao governo dos Estados.

Os brasileiros ainda acham que basta dar a descarga e o problema estará resolvido. Mas é preciso abrir os olhos e se conscientizar de que, independentemente de morar na comunidade carente ou no bairro de classe nobre, a falta de saneamento irá afetar a sua vida. As pesquisas do Instituto Trata Brasil vem mostrando que a falta de coleta e de tratamento de esgoto é a principal mazela de nossa sociedade e têm impactos diretos na saúde, na educação, no trabalho, na renda, no turismo e no desenvolvimento do País.

Até quando a sociedade brasileira vai ser conivente com a morte de 7 crianças, todos os dias, por falta de saneamento? Está na hora do brasileiro entender que a falta de saneamento é um peso para a sociedade e passar a cobrar ações de nossas lideranças e governantes e exigir que nossas cidades tenham seus esgotos coletados e tratados, otimizando assim os gastos públicos, para que sobrem mais recursos para investimentos em saúde e educação.  

Para fins de direitos autorais de imagem, declaro que a foto usada acima não é de nossa autoria e que o autor não foi identificado.

 

Anúncios