dsc_0663

Nesta terça-feira, 27 de setembro de 2016, o Instituto Trata Brasil lançou um balanço sobre as obras do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC).

Foram analisadas 340 obras do PAC 1 e 2 nas cidades com mais de 500 mil habitantes. São obras tocadas por empresas privadas de saneamento, municípios e estados com recursos federais, além disso, foi constatado que seis em cada dez obras de saneamento básico nas maiores cidades brasileiras estão paradas, atrasadas ou nem começaram.

 Apesar dos esforços do Governo Federal, estados e municípios em vencer os fortes entraves do saneamento básico, o PAC não conseguiu até o momento ser a alavanca que o setor precisa para vencer atrasos históricos, como o que vivemos no Brasil em questão do saneamento básico, pois são mais de 35 milhões de brasileiros sem acesso à água tratada, mais de 100 milhões sem coleta dos esgotos e somente 40% dos esgotos tratados.

Para conferir o balanço na íntegra, clique aqui.

 

Anúncios