f3e99b9ff4ee1566056c1dbf479a5741
Via Web

O acesso à água potável e ao saneamento básico são direitos básicos e essenciais de toda população, a lenta expansão das redes de água e de coleta e tratamento de esgoto, bem como a baixa qualidade dos serviços, trazem severas implicações em diversos setores da sociedade, tanto social, quanto econômico.

A maioria das comunidades de áreas irregulares possuem uma liderança local, que buscam junto a autoridades regularizar os serviços de água e esgoto. Temos como exemplo duas comunidades em São Paulo: Cantinho do Céu e Itajuíbe, que após muita luta de representantes foram beneficiadas com a implantação de serviço de abastecimento de água.

Essas comunidades são exemplos para outras que desejam conquistar direitos semelhantes. É certo de que a responsabilidade pelo saneamento básico é dos prefeitos, no entanto cabe a nós cobrar pelos serviços e exigi-los de maneira adequada. Quando temos saneamento melhoramos os indicadores de renda e educação, controle de patologias advindas do esgoto a céu aberto e preservação dos cursos de água e recursos ambientais.

Saiba como você pode reivindicar seus direitos:

1 – Reunir e conversar

Fale com os moradores vizinhos e escolas sobre os problemas de saneamento local. Faça uma reunião com as pessoas interessadas e proponham soluções;

2 – Conhecer o tamanho do problema

Quantas famílias no seu bairro, comunidade ou distrito estão sem abastecimento de água ou coleta de esgoto, lixo e com problemas de enchente?

3- Pensar em soluções

O que fazer para resolver a falta de água ou a coleta de lixo? Para quais ações o próprio grupo pode apresentar soluções? Quais ações vocês precisam de ajuda?

4- Escolher representantes

Quem do grupo pode contribuir na conscientização dos demais?

5- Divulgar para a comunidade

É hora de engajar todos os moradores: saneamento básico é um direito garantido por lei! Que tal uma apresentação ou exposição na comunidade?

Para acessar o site do Trata Brasil, clique aqui.

Anúncios