19755977_1883534455243821_1617705898_n

A reportagem “O Brasil que está no século 19” produzida pela Revista Galileu, publicada no ano de 2016, foi uma das vencedoras das categorias: Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente e Infográfico da 9º edição do “Prêmio Editora Globo de Jornalismo” com o tema saneamento básico.

A matéria traz à tona informações e comparações sobre o cenário do saneamento no Brasil e outros países, como exemplo a pior cidade em índices de tratamento de água, tratamento e coleta de esgotos no Brasil, Ananindeua, com a Inglaterra nos anos de 1854.

Além de fontes como o IBGE, SNIS e DataSUS, uma das principais fontes para essa reportagem foi o Instituto Trata Brasil, que disponibilizou dados de um dos principais estudos elaborados pela entidade, chamado Ranking do Saneamento, que analisa a situação de água e esgoto das 100 maiores cidades brasileiras.

“O principal objetivo do Trata Brasil é mobilizar a sociedade brasileira para o problema da falta de saneamento básico todo país. Por isso, a importância de matérias jornalísticas como essa, serem premiadas por profissionais da própria imprensa. Isso mostra que esse tema da carência de água e esgotos cada vez mais repercute não somente nas redações, mas em toda sociedade brasileira”, comenta Édison Carlos, presidente-executivo do Instituto Trata Brasil.

Sobre o Prêmio:

A primeira edição do “Prêmio Editora Globo” – jornalismo, foi em 2008 e surgiu com o intuito de reconhecer e valorizar profissionais da área de comunicação. São diversas categorias, confira, clique aqui.

Anúncios